Biblioteca Professor Gilmar Luiz Novaes comemora a "Semana do Amor na Biblioteca"



A Biblioteca Professor Gilmar Luiz Novaes do Campus Niterói comemora entre os dias 11 e 16 de junho a "Semana do Amor na Biblioteca". A ação é uma iniciativa proposta pela biblioteca de promover alguns títulos do seu acervo. Como parte da comemoração foram selecionados para a divulgação nas estantes expositoras da biblioteca alguns livros cujas capas e personagens fossem compostos de casais da literatura mundial. 

Além disso, a biblioteca ganhou uma linda decoração repleta de corações na porta e espalhados em móbiles e estantes por todo o espaço. Alguns alunos participaram indicando nomes de casais da literatura bastante conhecidos e que foram escritos em corações para complementar a decoração da entrada.

A ação proporcionou muitos elogios à equipe da biblioteca por alunos e funcionários devido à criatividade e iniciativa e foi divulgada na página "Biblioteca Escolar" do Facebook (https://www.facebook.com/abibliotecaescolar/).

Resenha: Carandiru

Escrita por Vinícius Ribeiro, equipe da biblioteca



Fruto dos anos de trabalho voluntário de Dráuzio Varella dentro da casa de detenção do Carandiru, o livro homônimo é um relato das situações vistas e ouvidas pelo médico na época em que trabalhava na conscientização dos detentos sobre os efeitos da AIDS ao longo dos anos 90. 

Carandiru é um livro denso e que relata a condição vivida nos presídios de forma realista. Varella tem o dom de criar uma narrativa fácil e envolvente, detalhando cada história contada, levando o leitor a refletir sobre as passagens vividas atrás daquelas grades. 

Posso dizer que sentimentos como empatia, raiva e tristeza foram companheiros constantes na leitura do livro – apesar de denso, terminei de lê-lo em apenas três dias, graças a escrita fluida do autor – existentes ao tentar compreender a história de cada um dos presos, carcereiros e diretores que faziam parte desse sistema (o complexo foi desativado no ano de 2002). 

Finalizado com uma passagem sobre o emblemático episódio de 1992, no qual foram mortos 111 detentos (250, segundo os próprios presos), Carandiru é um retrato cru da situação vivida dentro das cadeias brasileiras, que sofrem com o descaso do poder público, superlotação e ação de facções criminosas que determinam quem vive e morre atrás de cada um dos seus portões. 

O livro foi adaptado para os cinemas no ano de 2003 pelo diretor Héctor Babenco e tem entre os atores nomes como Rodrigo Santoro, Wagner Moura e Lázaro Ramos. Além disso, foi listado pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) como sendo um dos cem melhores filmes brasileiros de todos os tempos. 

Resenha: Americanah

Escrita por Nayara Peluffo, equipe da biblioteca



Chimamanda Ngozi Adichie usa o romance entre Ifemelu e Obinze como plano de fundo para traçar diversas críticas sociais. Eles eram namorados na adolescência e estavam apaixonados um pelo outro. Foram estudar na Universidade em Lagos, na Nigéria, mas devido a várias crises e greves, tiveram que seguir rumos diferentes.

Ifemelu conseguiu uma bolsa nos Estados Unidos. Chegando lá, ela percebe que tudo é diferente de como imaginava que seria. Precisa lidar com o desemprego, dificuldades financeiras e também vivencia o preconceito, se descobrindo negra e conhecendo o racismo por ser uma negra não-americana.

Depois de passar por diversas entrevistas, ter tido depressão e se afastado de Obinze, Ifemelu vai trabalhar como babá. Dessa forma, ela começa a analisar melhor o comportamento das pessoas.

Após algum tempo, ela cria um blog em que discute as questões raciais dos Estados Unidos. Nesse blog são abordados diversos temas, sendo alguns deles: ser um negro não-americano na América, racismo, a eleição de Barack Obama etc. Quando começou a escrever seu blog, ela não imaginava que faria tanto sucesso. Depois de 15 anos morando na América, Ifemelu acaba se tornando uma blogueira famosa, palestrando sobre o assunto em várias partes do mundo. Apesar da fama, acaba decidindo voltar para o seu país, onde acaba reencontrando Obinze.

O crescimento de Ifemelu é uma das coisas mais legais de acompanhar. Podemos ver como ela amadureceu ao longo da história e como se tornou uma mulher mais forte. O que mais gosto nela é que ela parece real, como se existisse nos nossos dias.

Esse é o primeiro livro que leio da Chimamanda. Achei o livro maravilhoso! Apesar de ter romance, esse não é o foco principal da obra, porque ele é muito mais que uma história de amor. O que chama mesmo a atenção são as críticas sociais que podemos ver ao longo da história. Uma das coisas que mais me atraiu foi o blog de Ifemelu. No decorrer do livro nos deparamos com diversas postagens feitas por ela – vou terminar a resenha com uma delas:

Ofertas de emprego nos Estados Unidos — a principal maneira nacional de decidir “quem é racista”

Nos Estados Unidos, o racismo existe, mas os racistas desapareceram. Os racistas pertencem ao passado. Os racistas são os brancos malvados de lábios finos que aparecem nos filmes sobre a era dos direitos civis. Esta é a questão: a maneira como o racismo se manifesta mudou, mas a linguagem, não. Então, se você nunca linchou ninguém, não pode ser chamado de racista. Se não for um monstro sugador de sangue, não pode ser chamado de racista. Alguém tem de poder dizer que racistas não são monstros. São pessoas com família que o amam, pessoas normais que pagam impostos.

Alguém tem de ter a função de decidir quem é racista e quem não é. Ou talvez esteja na hora de esquecer a palavra “racista”. Encontrar uma nova. Como Síndrome do Distúrbio Racial. E podemos ter categorias diferentes para quem sofre dessa síndrome: leve, mediana e aguda.

Citação retirada do livro “Americanah”, da autora Chimamanda Ngozi Adichie

Dica de filme: O Processo



A dica da semana é o documentário "O Processo", em cartaz nos cinemas a partir de maio de 2018. Sob a direção de Maria Augusta Ramos - que passou meses no Planalto gravando imagens do desenrolar das argumentações pró e contra a então presidenta Dilma Rousseff -, a produção relata os acontecimentos que culminaram na destituição de Dilma.

Apresentando os dois lados da atual polarização política enfrentada pelo país (que surge em 2013, com as manifestações nas ruas), "O Processo" mostra, de forma crua e completa, os acontecimentos de 2016 junto a diversos personagens emblemáticos, como José Eduardo Cardozo, Gleisi Hoffmann, Lindbergh Farias e Janaína Paschoal, funcionando como um panorama que situa o espectador nos acontecimentos mais atuais no que diz respeito à política brasileira.



O filme está em cartaz nos cinemas de Niterói.

Resenha: Percy Jackson e os Olimpianos

Escrito por Pablo Henrique (Turma 2202).


O primeiro livro foi lançado em 2005 e o último em 2009.

A primeira coisa que eu tenho a dizer é: se você viu o primeiro filme baseado nessa série, não gostou e por isso não quer ler os livros, não faça isso com sua vida! O filme não é nada parecido com o livro e para mim leva o título de uma das piores adaptações já feitas.

Nesta série damos início à jornada de Perseu Jackson (mais conhecido como Percy Jackson) em um mundo totalmente novo para ele: a mitologia grega, que era mais real do que todos nós acreditávamos. Percy descobre aos seus 12 anos que ele é um semideus - filho de um Deus com uma mortal - e o mais chocante: ele era filho de um dos 3 grandes Deuses, justamente aqueles que não deveriam ter filhos por conta de um trato feito por eles mesmos.

Mesmo sendo Percy o foco principal da saga, também vemos alguns personagens marcantes que Rick Riordan (Autor da série) soube descrever de um jeito que as personalidades ficassem atraentes e únicas, sem personagens repetitivos e tediosos. Alguns exemplos são: Annabeth Chase, uma filha de Atena com um mortal dotada de uma inteligência acima do normal cujo papel serve muitas vezes como um guia do mundo mitológico retratado; Grover Underwood, um sátiro protetor que nos arranca risadas durante a leitura com sua personalidade atrapalhada e com um quê de inocência; Quíron, um dos meus personagens favoritos, o centauro responsável por ensinar aos semideuses as artes da luta como também a vivência deles nesse novo universo; dentre tantos outros personagens.



Em cada livro víamos uma ou mais referências a mitos gregos em uma história central que começa e termina em um mesmo livro, porém com uma deixa para o volume seguinte. Todos os livros têm sua trama especial, mas na minha opinião o volume 3 intitulado “A Maldição do Titã” foi o que me deu a impressão que Rick teve um planejamento melhor, dando mais sentido ao livro em relação aos volumes anteriores e deixando um ar mais leve em relação aos que vieram em seguida. O último livro, intitulado “O Último Olimpiano”, fechou a saga com chave de ouro, desconsiderando o fato de ter sido o livro com a capa mais feia, sem deixar nenhuma dúvida no ar.

Percy Jackson e os Olimpianos é uma saga perfeita para leitura juvenil, pois é engraçada (com toques de ironia e sarcasmo) e repleta de ação em suas aventuras, dando à mitologia um aspecto mais divertido, no qual se aprende sem perceber. Isso foi uma das coisas que mais gostei nesse livro: o aprendizado que ele instiga sobre a mitologia, o que faz com que os leitores queiram pesquisar mais sobre o assunto, além das explicações já dadas durante a história.

E no final desta resenha eu aproveito para dizer que não só a saga de “Percy Jackson e os Olimpianos” está disponível em nosso acervo, mas também outras sagas escritas pelo mesmo autor, como “Os Heróis do Olimpo” e “As crônicas dos Kane”.



Dica de série: Desventuras em série



A dica da semana é "A Series of Unfortunate Events", mais conhecida por nós como "Desventuras em série". A produção original Netflix possui 3 temporadas (estando as duas primeiras já disponíveis em seu catálogo e a última prevista para o ano de 2019) e conta com nomes de peso em seu elenco, como Neil Patrick Harris (How I Met Your Mother) e Patrick Warburton (Seinfeld).

Baseada nos livros de Lemony Snicket, pseudônimo do escritor norte-americano Daniel Handler, a história retrata a vida dos irmãos Baudelaire, que se tornaram órfãos após perderem seus pais em um misterioso incêndio. Agora, deixados aos cuidados de um sombrio parente distante - Conde Olaf - que tenta reivindicar a fortuna dos Baudelaire a todo custo, as crianças precisam escapar dos planos sombrios do vilão, ao mesmo tempo em que vão atrás dos mistérios sobre uma sociedade secreta a qual seus pais pertenciam.

Novidades e sugestões da Biblioteca Prof. Gilmar Luiz Novaes – Maio/2018

Aproveitando o clima do nosso bate-papo com o Hugo, venha descobrir nossas sugestões e novidades nesse especial Young-Adults! 

Gossip Girl: Psycho Killer – Cecily von Ziegesar 

Resultado de imagem para gossip girl psycho killer


O spin-off da aclamada série de Cecily von Ziegesar é praticamente um reconto de “As delícias da fofoca”, a não ser por um pequeno detalhe: sangue, muito sangue está impregnado em suas páginas. Contando a história de Blair Waldorf e o retorno de sua ex-melhor amiga Serena van der Woodsen, “Psycho Killer” não nos poupa dos detalhes sórdidos e absurdos da narrativa de von Ziegesar, que prende o leitor até a última página.

A livraria 24 horas do Mr. Penumbra – Robin Sloan 
Resultado de imagem para senhor penumbra


Há dois tipos de clientes na livraria 24 horas do Mr. Penumbra: os que entram por acaso e os que vão até o local, bem despertos e certos do que querem. Adentrando aos cantos mais sombrios da loja, os usuários despertam a curiosidade de Clay Jannon, o novo funcionário do local, que os vê acompanhados do dono envoltos em segredos obscuros e livros que não devem ser lidos pelo nosso protagonista. Mas até que ponto Jannon consegue controlar sua vontade de descobrir tais informações? Mais que uma aventura sobre conspiração internacional, uma carta de amor aos livros.

Sangue de tinta – Cornelia Funke 


Resultado de imagem para sangue de tinta


"Sangue De Tinta" avança na saga de Meggie e seu pai, Mo, um encadernador de livros que tem o estranho dom de dar vida às palavras dos livros que lê em voz alta, fazendo seres das histórias surgirem à sua frente como que por mágica. No primeiro volume da trilogia "Mundo De Tinta", a língua encantada de Mo traz à vida alguns personagens de um livro chamado "Coração De Tinta", e acaba mandando para dentro da trama a mãe da menina. Agora, neste segundo episódio, Meggie dá um jeito de entrar ela mesma no mundo fictício de Coração de tinta, onde tem o prazer de encontrar fadas, príncipes e saltimbancos que dançam com o fogo; e o sofrimento de acompanhar as artimanhas de vilões cruéis e sem misericórdia. Uma jornada sombria, repleta de fantasia e aventura. O os outros dois exemplares da série encontram-se disponíveis para empréstimo entre bibliotecas. 

Perdida: um amor que ultrapassa as barreiras do tempo – Carina Rissi 

Resultado de imagem para perdida carina rissi


Sofia é uma jovem confiante e independente que só quer saber de romance se for através das páginas dos livros. Após comprar um celular novo, nossa protagonista é misteriosamente lançada em uma viagem temporal, aterrissando no século dezenove. Agora, a personagem precisará encontrar formas de retornar ao seu amado presente e, para isso, contará com a ajuda da família Clarke – e do prestativo (e lindo) Ian – para descobrir as pistas para solucionar tal mistério. Apesar disso, seu coração possui outros planos. 

Cidades de papel – John Green 

Resultado de imagem para cidades de papel


Uma paixão platônica. Uma visita inesperada. Um plano de vingança. Mistérios. Esse é o universo habitado por Quentin Jacobsen, que nutre uma paixão escondida por Margo Roth Spiegelman, sua vizinha. Após o desaparecimento da garota, Q sai em busca de pistas para encontrá-la e, quanto mais se aproxima de seu paradeiro, mais se distancia daquela imagem de seu amor construída inicialmente. 

A rainha vermelha – Victoria Aveyard 

Resultado de imagem para rainha vermelha


Em uma sociedade dividida pelo sangue – os plebeus são os vermelhos e os nobres, detentores de poderes sobrenaturais, os prateados – Mare Barrow viverá a aventura de sua vida. Sem possuir uma profissão, nossa protagonista está destinada a servir no exército, cujas chances de voltar viva são mínimas – destino esse que tenta evitar a todo custo. Porém tudo muda quando, após um encontro inesperado com uma pessoa misteriosa, Barrow consegue o emprego de criada no palácio de verão do rei. Ao sofrer um acidente, a jovem escapa através de um poder que jamais imaginou possuir. Para encobrir tal ocorrência, o rei a obriga a assumir o papel de uma nobre prateada de uma casa extinta. Agora, Mare está envolta em conspirações, mistérios e muitos segredos quem permeiam a realeza. 

Felizes para sempre: antologia de contos da seleção – Kiera Cass 

Resultado de imagem para felizes para sempre livro


Em “Felizes para sempre”, Kiera Cass dá mais um gostinho sobre o mundo de América, Maxon e companhia: repleto de extras, ilustrações e cenas exclusivas, o livro reúne ainda os contos A rainha, O príncipe, O guarda e A favorita, além do desfecho das outras selecionadas depois do fim da competição. 

Delírio – Lauren Oliver 

Resultado de imagem para delirio livro


Em uma sociedade livre do amor, onde, aos dezoito anos, os jovens passam por um tratamento obrigatório fornecido pelo governo, Lena Haloway está prestes a ser curada de tal doença. Apesar disso, faltando poucos dias para o procedimento, o inesperado acontece: Lena se apaixona. Depois disso, quem irá querer experimentar a cura?



Dica de filme: Baseado em fatos reais



Inspirado no romance francês de mesmo nome, "Baseado em fatos reais" conta a história de
Delphine, uma famosa escritora que, durante a divulgação de seu livro mais recente, conhece Elle, uma misteriosa mulher que também é escritora e age como ghost-writer para celebridades. Aos poucos, as duas se aproximam e criam uma inesperada amizade - em partes pela fragilidade emocional em que Delphine se encontra - o que se torna cada vez mais incômodo para a protagonista, ao ver sua nova amiga se infiltrar cada vez mais na sua vida. Sob a direção do famoso diretor Roman Polanski ("O Pianista", "O Bebê de Rosemary"), o filme apresenta um clima de thriller e drama psicológico com altas doses de tensão.

O filme chega aos cinemas nessa quinta-feira (12).

Novidades e sugestões da Biblioteca prof. Gilmar Luiz Novaes - Abril/2018

Estas são as novidades e sugestões da Biblioteca prof. Gilmar Luiz Novaes para o mês de Abril! Apresentando obras voltadas para a filosofia, descubra alguns dos livros de nosso acervo!



O que é filosofia? – Caio Prado Jr.



Em “O que é filosofia?”, o historiador Caio prado Jr. levanta uma série de questionamentos relativos à filosofia que irão despertar a consciência do leitor para perguntas e reflexões acerca do tema, enquanto apresenta as visões sobre filosofia através do olhar dos principais nomes da área ao longo do tempo.


O anticristo – Friedrich Nietzsche



A última obra do grande pensador alemão é uma análise afiada sobre o cristianismo, através de colocações incisivas por parte do autor de “Assim falava Zaratustra”, que observa na religião uma mudança de foco do mundo presente para o além e a vitória dos fracos sobre os fortes através de ideias pré-fabricadas que conduzem a massa.


O príncipe – Maquiavel



“O príncipe” é um guia. Um guia de como chegar e se manter no poder. Repleto de sugestões e ponderações acerca do tema, o livro divide-se em diversos capítulos, abordando assuntos como a diferenciação entre monarquia e república, as maneiras de se manter no poder e o modo de agir dos governantes para administrarem com soberania. A edição disponível na biblioteca apresenta comentários de Napoleão Bonaparte e de José Nivaldo Júnior.


Textos básicos de filosofia: Dos pré-socráticos a Wittgenstein – Danilo Marcondes



“Textos básicos de filosofia: Dos pré-socráticos a Wittgenstein” apresenta uma seleção de mais de 40 textos selecionados e contextualizados por Danilo Marcondes, professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC-Rio e Universidade Federal Fluminense – UFF, onde aborda, de forma didática, algumas das principais obras de grandes filósofos, como Platão, Aristóteles, Kant, Nietzche, Sartre, entre outros. O autor ainda formula questões que servem como base para a discussão em sala de aula, enriquecendo o debate e ampliando os horizontes do conhecimento.


Antologia ilustrada de Filosofia – Ubaldo Nicola



O livro traz cerca de duzentos textos de cinquenta autores retratados de forma clara e objetiva, possibilitando a aproximação do leitor com o tema da filosofia, através de uma linguagem didática e que permite o entendimento de forma agradável e prática. Apesar de a obra ser considerada de consulta, o empréstimo está liberado aos fins de semana.


Scifi=Scifilo – Mark Rowlands



Mark Rowlands faz de “Scifi=Scifilo” uma das formas mais interessantes de se aprender filosofia, ao identificar e abordar, dentro de grandes blockbusters (Matrix, Star Wars, Alien), conceitos como moralidade, livre-arbítrio e identidade pessoal – temas caros à filosofia. Uma grande obra que permite a cada um de nós entender a relevância dessa área do pensamento em nosso cotidiano.


Os Pensadores: Sartre



O volume, parte da coletânea “Os Pensadores”, traz a obra do filósofo existencialista francês Jean-Paul Sartre através de três de alguns de seus maiores textos: “O existencialismo é um humanismo” (1946), “A imaginação” (1936) e “Questão de método” (1960).


Os Pensadores: Comte



A obra apresenta um condensado dos textos “Curso de filosofia positiva”, “Discurso preliminar sobre o conjunto do positivismo” e “Catecismo positivista”, algumas das ´publicações mais importantes do francês Auguste Comte, considerado pai da sociologia e do positivismo.


Os Pensadores: Schopenhauer



Este volume conta com a principal obra do filósofo alemão em seu interior: “O mundo como vontade e representação” aborda a ideia de vontade como força responsável pela execução de qualquer atividade humana, em diversos graus e modos. Seguido dele temos “Crítica da filosofia Kantiana”, onde Schopenhauer apresenta seus principais pontos discordantes em relação aos escritos de Kant, apesar do reconhecimento de sua influência em sua doutrina. Fechando o livro, temos “Parerga e Paralipomena”, pequenos escritos schopenhaurianos que podem ser traduzidos como uma “sabedoria”.


Guia politicamente incorreto da filosofia – Luiz Felipe Pondé



Em sua obra, o filosofo Luiz Felipe Pondé usa e abusa de ironias para tratar diversos temas – o que leva o leitor a refletir sobre o que está sendo dito pelo autor, confrontando-o muitas vezes. Obra desafiadora, “Guia politicamente incorreto da filosofia” é um livro que vai te fazer ver a divergência de ideias presentes no mundo de muitas formas.

Boas leituras a todos!

Dica de filme: Pantera Negra



Após a morte do rei T'Chaka (John Kani), o príncipe T'Challa (Chadwick Boseman) retorna a Wakanda para a cerimônia de coroação. Nela são reunidas as cinco tribos que compõem o reino, sendo que uma delas, os Jabari, não apoia o atual governo. T'Challa logo recebe o apoio de Okoye (Danai Gurira), a chefe da guarda de Wakanda, da irmã Shuri (Laetitia Wright), que coordena a área tecnológica do reino, e também de Nakia (Lupita Nyong'o), a grande paixão do atual Pantera Negra, que não quer se tornar rainha. Juntos, eles estão à procura de Ulysses Klaue (Andy Serkis), que roubou de Wakanda um punhado de vibranium, alguns anos atrás.

Para mais informações sobre locais de exibição em Niterói e São Gonçalo, clique aqui e aqui.


Fonte: AdoroCinema